FRANÇA - PARIS

RESTAURANTE PAVILLON DE LA FONTAINE - DENTRO DO JARDIM DE LUXEMBURGO - PRÓXIMO À SORBONNE


Jardim do Luxemburgo





O Jardim do Luxemburgo ou Jardin du Luxembourg é o maior parque público da cidade de Paris com mais de 224 mil m², localizado no 6º arrondissement. O Jardim do Luxemburgo atualmente pertence ao Senado da França, que está sediado no famoso Palácio do Luxemburgo.






O Centro Georges Pompidou (Centre national d'art et de culture Georges-Pompidou) é um complexo fundado em 1977 em Paris, França, que abriga museu, biblioteca, teatros, entre outros equipamentos culturais. O centro anexou recentemente o Atelier Brancusi que abriga esculturas do artista romeno Constantin Brancusi em um ambiente que recria as condições de trabalho e a luminosidade de seu estúdio de criação.





HÔTEL DE VILLE, construção neo-renascentista, a prefeitura de Paris foi construído em 1873 no local então conhecido como "Place de Grève". As estátuas representam 136 figuras históricas famosas, ea magnífica decoração dos salões é de artistas do século 19. O prédio abriga os escritórios do prefeito e conselho da cidade de Paris.


O SENA AO ANOITECER


JANTANDO EM SAINT MICHEL - PRÓXIMO À NOTRE DAME

PARIS, DA JANELA DO HOTEL EM MONTREUIL




HOJE À TARDE, ENCONTRAMO-NOS COM NOSSO COLEGA, E ANTES DO QUE ISSO, NOSSO FRATERNO AMIGO ANTONIO MOUSQUER, QUE ESTÁ NA FASE FINAL DE SEU PÓS-DOUTORADO NA SORBONNE. NO CAFÉ LE WEEK AND, ENCONTRAMO-NOS COM ESSE PENSADOR SILENCIOSO, QUE SEM ESTARDALHAÇOS, CONSTRÓI UM SABER QUE ENCANTA ATRAVÉS DE SUAS MUITAS PUBLICAÇÕES EM DIVERSOS ÓRGÃOS DE DIVULGAÇÃO DE NOSSA ÁREA ACADÊMICA.
MAS ANTÔNIO É, ANTES DE TUDO, ESSE AMIGO, DE SORRISO DISCRETO E DE CORAÇÃO AFETUOSO. OS MOMENTOS QUE DIVIDIMOS, COMPATILHANDO UM SABOROSO CAFÉ PARISIENSE FORAM INESQUECÍVEIS. EM SEGUIDA, ESTIVEMOS COM MUITA ALEGRIA NO ACONCHEGANTE ESTÚDIO QUE OCUPA NA RUE DE SÈVRES, NO CENTRO PARISIENSE.

Com a ex-aluna de Letras, Salete, da FURG, que visitava Antonio Mousquer, em Paris.

Com Antonio Mousquer, em frente Au Bon Marche, na esquina da Rue du Bac.





Em frente a La Grande Epicerie.

Cris e o nosso colega Antonio Mousquer, no agradável encontro que tivemos em Paris,
 no dia 21 de setembro de 2013.
NOS JARDINS DO LOUVRE 2012


OPERA GARNIER 2012

PARIS - LIDO 2012
PARIS - NA ESTAÇÃO DE METRÔ GEORGE V, NA FRENTE DO LIDO 2012
PARIS - SAINT MICHEL

PARIS - SACRE COEUR

PARIS - CEMITÉRIO PÉRE-LACHAISE - TÚMULO DE EDITH PIAF

PARIS - NOTRE DAME - LATERAL PARA O SENA 2011

OS PARDAIS DE PARIS COMENDO EM MINHAS MÃOS 2011

PARIS - CRIS E OS PARDAIS 2011 - FUNDO - NOTRE DAME

TOUR EIFFEL 2011

LOUVRE 2011
CRIS E A MONALISA

LOUVRE - A CABEÇA DO BATISTA

VERSAILLES PALAIS

VERSALLES, COM A QUERIDA ALUNA JOSEANE

VERSAILLES COM A QUERIDA ALUNA CAROLINE

LOUVRE - ARC CARROUSEL COM A QUERIDA EMMINHA

PANTHÉON - PARIS - SORBONNE - 2007

PARIS - EURODISNEY 2011

TOUR EIFFEL 2007

LOUVRE - OSCAR E DUDA 2007

PÉRE-LACHAISE - TÚMULO DE ALLAN KARDEC 2012

NO MOULIN ROUGE COM BRUNINHA

ARCO DO TRIUNFO DE NAPOLEÃO 2011

O ARCO DO TRIUNFO 2012

COM A PROFESSORA E AMIGA Analia Lugin Moraes 
NO BOULEVARD BARBÈS-RECHECHOUART

NOSSA VISITA ÀS ALUNAS DE LETRAS DA FURG QUE PARTICIPAM DE UM CONVÊNIO COM A SORBONNE DE PARIS REVESTE-SE DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA QUANDO SE LEVA EM CONSIDERAÇÃO A REPERCUSSÃO QUE ESSE PROCESSO VAI TER NA CARREIRA DE CADA UMA, BEM COMO NO PRÓPRIO PROCESSO DE FORMAÇÃO ACADÊMICA DE NOSSA UNIVERSIDADE. COM ELAS, INAUGURA-SE UMA NOVA POLÍTICA ACADÊMICA DE NOSSO CURSO.


Nossa chegada a Créteil, Paris, na estação do metrô


NO SUBWAY DO SHOPPING DE CRÉTEIL, EM PARIS





LA SORBONNE










Santa Catarina Labouré
Catarina Labouré nasceu no dia 2 de maio de 1806, numa aldeia da Borgonha, Fain-les-Moutiers. Era a oitava dos dez filhos de Pedro e Madalena Labouré, proprietários da fazenda. A morte de Madalena, aos 46 anos, deixa a família mergulhada no luto. Catarina, em lágrimas, sobe numa cadeira para abraçar a estátua da Santíssima Virgem e lhe diz: "Agora, tu serás minha mamãe".

Aos vinte e quatro anos, Catarina, depois de ter vencido muitos obstáculos, entra como noviça na Casa Mãe das Filhas da Caridade, à rua do Bac, em Paris. Foi aí, na Capela, que a Santíssima Virgem lhe apareceu alguns meses mais tarde; a primeira vez, em 19 de julho de 1830, para lhe anunciar uma missão. A segunda vez, no dia 27 de novembro do mesmo ano, para lhe revelar a medalha que Catarina será encarregada de mandar cunhar.

No ano seguinte, seu seminário terminado, Irmã Catarina foi colocada em Reuilly, na época subúrbio localizado no sudeste de Paris. Ela será encarregada, até o fim de sua vida, dos anciãos que aí viviam, desconhecida de todos, enquanto que a medalha se espalhava, milagrosamente, pelo mundo inteiro.

Catarina Labouré morre, na paz do Senhor, em 31 de dezembro de 1876: "Parto para o céu… ver Nosso Sehor, sua Mãe e São Vicente".

Em 1933, por ocasiao de sua beatificação, foi aberta sua sepultura, na Capela de Reuilly. O corpo de Catarina foi encontrado intacto e transferido para a Capela da rua do Bac, sendo instalado sob o altar da Virgem do Globo.