quinta-feira, 29 de maio de 2014

ORIGEM E FORMAÇÃO DOS NOMES DOS DIAS DA SEMANA I - DAYS OF THE WEEK, NAMES, ORIGIN AND FORMATION

Prof. Dr. Oscar Luiz Brisolara




         Parece ter se originado na Grécia primitiva a semana que gerou a que temos hoje, com sete dias. Consagravam-nos, os gregos antigos, cada dia a divindades específica. Essa tradição foi seguida pela maioria dos povos.
         Veja-se a semana primitiva em língua grega clássica:
Hemera Selenes (μέρα Σελήνης) - dia de Selene, divindade da lua. Equivale à nossa segunda-feira.
Hemera Areos (μέρα ρης) – dia de Ares, deus da guerra. Equivale à nossa terça-feira.
Hemera Hermou (μέρα ρμο) – dia de Hermes, mensageiro dos deuses. Equivale à nossa quarta-feira.
Hemera Zeus- (μέρα Διός) – dia de Zeus, deus supremo da terceira geração divina na mitologia grega.  Equivale à nossa quinta-feira.
Hemera Aphrodites  (μέρα φροδίτης) – dia de Afrodite, deusa do amor na mitologia grega. Equivale à nossa sexta-feira.
Hemera Kronou (μέρα Κρόνου) – deus supremo da segunda geração divina na mitologia grega. Equivale ao nosso sábado.
Hemera Heliou (μέρα λιου) – dia de Hélios, divindade do sol. Equivale ao nosso domingo.
         DIVINDADES GREGAS QUE SE RELACIONAM COM OS DIAS
         Os gregos, em sua rica mitologia, consagravam cada dia da semana a uma divindade. Para o próprio dia eles tinham uma divindade específica. Tratava-se de uma divindade feminina. Chamava-se HEMERA (μέρα). Era filha de Nix (Νύξ, Νυκτός) personificação da noite e de Érebo (ρεβος), divindade da escuridão. 
          Este artigo está ilustrado com reprodução de diversos quadros e fotografias de esculturas de artistas consagrados. Ocorre que muitos artistas buscaram na mitologia o tema para suas obras.

HEMERA - Beauguerau (1825-1905)

NIX - Beauguerau

 ÉREBO - Schmidt - Dicionário de Mitologia

         À deusa grega Selene (Σελήνη) era dedicado o segundo dia da semana, correspondente à segunda-feira. Era a deusa do amanhecer. Ela dirige sua carruagem lunar pelos céus.

SELENE - Morgan - 1865


         O terceiro dia da semana, a atual terça-feira, era dedicada a Ares (ρης), filho de Zeus. É o deus sanguinário da guerra.
ARES - Louvre, Aquiles Borghese 

         O quarto dia da semana, a nossa quarta-feira, era consagrada a Hermes, mensageiro dos deuses.

HERMES

         Já o quinto dia, atual quinta-feira, era dedicada a Zeus, deus supremo na terceira geração divina.

                                                             
ZEUS
Zeus do Hermitage, interpretação livre romana do colosso criado por Fídias. A águia ao seu lado não fazia parte do original. (São Petersburgo - Rússia)   

         Os gregos consagravam o sexto dia da semana, que corresponde à sexta-feira, à deusa do amor, Afrodite.

AFRODITE - O Nascimento de Vénus (Afrodite) é uma pintura de Sandro Boticelli - 1843.

         Dedicavam o sétimo dia da semana, correspondente ao sábado, a Cronos, divindade suprema da segunda geração divina. Era um deus que devorava os próprios filhos. Zeus escapou-lhe por atimanhas de sua mãe Rea.

CRONOS
Francisco de Goya, Cronos (Saturno para os romanos )devorando a su hijo (1819-1823).


         O primeiro dia da semana, correspondente ao nosso domingo, era dedicado ao deus sol, Hélios.

HÉLIOS E SEU CARRO


         Em grego clássico, semana era hebdômada (βδομάς, βδομάδος), que originou o termo hebdomadário, que significa um periódico semanal. Com essas exposições e explicações, tento esclarecer a origem dos dias da semana, conforme usamos hoje em diversos idiomas. Vou continuar este estudo em outro artigo que publicarei a seguir.