domingo, 24 de agosto de 2014

DEMOCRACIA

Prof. Dr. Oscar Luiz Brisolara

 – os períodos eleitorais sempre me trouxeram inquietações. Sou educador e gostaria de dividir minhas angústias. Poderia ser de outra forma?
         A DEMOCRACIA GREGA
         Quando em 507 a. C. Clístenes passou a administrar Atenas, reformou a legislação, deixando as decisões políticas ao encargo da eclésia (Εκκλησία), ou seja, a assembleia do povo, de todos os homens livres, com mais de 18 anos, nascidos na cidade. À primeira vista, parece uma democracia perfeita. Porém, primeiramente, quando se fala de povo, fala-se dos homens, excluindo todas as mulheres. Mas o modelo era ainda mais radical. Excluía todos os estrangeiros residentes na cidade, conhecidos como metecos,  também não incluía os escravos. Assim, os 400.000 habitantes de Atenas dessa época reduziam-se a míseros 40.000 cidadãos atenienses. Resulta, então, na mascarada República de Platão, cujo objetivo final é manter os privilégios de uma rica oligarquia ateniense.
         A DEMOCRACIA ROMANA
         Mais ou menos à mesma época da reforma política grega, ocorre, em 509 a. C., a promulgação da República Romana. Tendo a antiga monarquia dos patrícios caído em mãos de reis estrangeiros, os etruscos Tarquínios. Ocorreu uma virada de mesa, a criação do regime republicano, com a eleição de dois cidadãos que tinham poderes iguais e governavam por um ano, os chamados cônsules. Esses eram escolhidos apenas entre os patrícios. Somente eles podiam votar e ser votados. Esse direito foi, gradativamente, estendido a toda a população, mantendo sempre os vícios e corrupção da origem.

         DEMOCRACIAS MODERNAS

         Todas elas, as europeias, as americanas, a nossa são fruto de manipulações de forças subjacentes ao poder. Os candidatos são apenas os confiáveis de uma elite oculta e atuante. Sei que Churchill afirmava: "A democracia é a pior forma de governo imaginável, à exceção de todas as outras que foram experimentadas." Quando se vota, não se escolhe o candidato. Esse já está determinado por forças poderosas.