quarta-feira, 6 de agosto de 2014

LENDA DA MINHA INFÂNCIA - LEGEND OF MY CHILDHOOD

Prof. Dr. Oscar Luiz Brisolara

                A minha avó me contava, e isso por vezes sem conta, como o exigem as crianças, a lenda de uma menina que ia para o armazém, com um pote de leite à cabeça, como o faziam todas as meninas desses velhos tempos. E eu visualizava a garota... os pés descalços... os cabelos ao vento... o  pote... o leite branco...
                Sonhava, dizia vovó, que eu sei, também sonhava muito com seus mais de setenta, pois venderia o leite, compraria vinte ovos, chocaria na carijó, teria em breve vinte pintinhos doirados, trocaria os frangos por um roliço leitão... e, em breve, teria uma vaca com um lindo bezerrinho... e apressava o passo, acelerando o sonho...

                De repente, um desnível do caminho, e lá se foram pote e sonho...  e assim quantas meninas e menos quebraram seus potes vida afora pelos séculos dos séculos...