quinta-feira, 9 de junho de 2016

OS 85 CIDADÃOS MAIS RICOS DO MUNDO POSSUEM MAIS DO 50% DA POPULAÇÃO DA TERRA


Os 85 mais ricos tem mais do que 50% da população mundial


Posted by Thoth3126 on 09/06/2016



Oxfam: as 85 pessoas mais ricas do mundo possuem mais riqueza do que 3,5 bilhões de habitantes do planeta, isso é obsceno.


O Fórum Econômico Mundial de Davos começa, e as reclamações da OXFAM sobre a crescente desigualdade tem sido impulsionada pela tomada do poder pelos mais ricos.


As pessoas mais ricas do mundo não são conhecidas por viajar de ônibus, mas se pensando em uma mudança de cena, as 85 pessoas mais ricas do globo – que controlam tanta riqueza quanto a metade mais pobre da população mundial juntos, ou seja 3,5 bilhões de seres humanos – poderia se espremer em um único double-decker (n.t. um ônibus de dois andares).





Tradução, edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch





Por Graeme Wearden – Londres – Inglaterra


Fonte: http://www.theguardian.com/


Com a realização do Fórum Econômico Mundial, (n.t. uma reunião da elite mundial) que foi realizado em Davos, na Suiça, reivindicações da OXFAM –(Oxford Committee for Famine Relief – Comitê de Oxford de Combate à Fome) pede maior cooperação para o desenvolvimento e o fim da desigualdade entre ricos e pobres.


A medida em que tanta riqueza global tornou-se entesourada por um punhado virtual da chamada ‘elite global’, o assunto está exposto em um novo relatório da Oxfam desde a segunda-feira, dia 20 de janeiro. Ele adverte que aquelas 85 pessoas mais ricas em todo o globo compartilham uma riqueza combinada de £$ 1 trilhão de libras (RS$ 3,898 trilhões de reais), tanto quanto as demais 3.5 bilhões de pessoas mais pobres da população do mundo.


A riqueza dos 1% mais ricos do mundo equivale a US$ 110 trilhões (£$ 60.880 trilhões – RS$ 237,310 trilhões), ou 65 vezes mais do que a metade mais pobre do mundo, acrescentou a instituição para o desenvolvimento da caridade, que teme que esta concentração de recursos econômicos está ameaçando a estabilidade política e dirigindo-se as tensões sociais em vários países.





O hotel de luxo InterContinental Davos, numa estância de inverno na montanha suíça em Davos. Relatório da Oxfam (Oxford Committee for Famine Relief -Comitê de Oxford de Combate à Fome) percebeu que muitas pessoas em países ao redor do mundo acreditam que os ricos têm muita influência sobre a direção do seu país. Foto: Arnd Wiegmann / Reuters


É um lembrete que dá calafrios pelas profundezas da desigualdade de riqueza, na medida em que líderes políticos e empresários TOP da elite mundial rumam para os picos nevados de Davos para participarem do Fórum Econômico Mundial, nesta semana. Poucos, se existir algum, vai chegar ocupando qualquer veículo tão comum como um ônibus, todos se utilizando com jatos particulares e helicópteros pressionado em serviço como muitas das pessoas mais poderosas do mundo se reúnem para discutir o estado da economia mundial ao longo de quatro dias agitados de reuniões, seminários e partidos na estância de esqui exclusiva .


Winnie Byanyima, o diretor-executivo da Oxfam, que vai participar das reuniões de Davos, disse: “É impressionante que, em pleno século 21, metade da população do mundo – que são três e meio bilhões de pessoas – não possuem mais do que uma pequena elite cujo número poderia caber confortavelmente em um ônibus de dois andares”.


A Oxfam também argumenta que isso não é acidente ou, dizendo que a crescente desigualdade de riqueza tem sido impulsionada por uma “tomada de poder” pelas elites ricas, que cooptaram o processo político para fraudar as regras do sistema econômico em seu favor.





Fonte: F. Alvaredo, AB Atkinson, T. Piketty e E. Saez, (2013) “The World Top Receitas. Só inclui países com dados em 1980 e mais tardar em 2008. Fotografia: Oxfam. BANCO DE DADOS: http://topincomes.g-mond.parisschoolofeconomics.eu/


No relatório, intitulado Working For The Few ( resumo aqui ), a Oxfam advertiu que a luta contra a pobreza não pode ser vencida até que a desigualdade da posse de riqueza tenha sido abordada.
AS DEZ PESSOAS MAIS RICAS DO MUNDO:
Carlos Slim Helu – (Telecom Mexico) £44.6bn
Bill Gates – (Microsoft US) £41bn
Amancio Ortega – (Zara Spain) £34.8bn
Warren Buffet – (Berkshire Hathaway US) £32.7bn
Larry Ellison – (Oracle US) £26.3bn
Charles Koch – (Diversified US) £20.8bn
David Koch – (Diversified US) £20.8bn
Li Ka-shing – (Diversified Hong Kong) £19bn
Lilian Bettencourt & family – (l’oreal France) £18.3bn
Bernard Arnault & family – (LVMH France) £17.7bn


“Ampliando a desigualdade é a criação de um círculo vicioso, onde a riqueza e o poder estão cada vez mais concentrados nas mãos de muito poucos, deixando o resto de nós a lutar por migalhas que eventualmente caiam de cima da mesa dos mais ricos”, disse Byanyima.





A Oxfam pediu que os participantes no Fórum Econômico Mundial nesta semana para tomarem um compromisso pessoal para resolver o problema de distribuição da riqueza, abstendo-se de se esquivar de pagamento de impostos ou usando sua riqueza para buscar favores políticos.


Para além de ser moralmente duvidosa, a desigualdade econômica também pode agravar outros problemas sociais, como a desigualdade de gênero, a Oxfam advertiu. No próprio Fórum de Davos também está lutando nesta área, com o número de delegados femininos realmente caindo de 17% em 2013 para 15% este ano .


Como os ricos usam a sua riqueza para capturar mais oportunidades


Também se le no relatório da Oxfam, que muitas pessoas em países ao redor do mundo – incluindo dois terços dos inquiridos na Grã-Bretanha – acreditam que os ricos têm muita influência sobre a direção (n.t. e controle) do governo em seu país. Byanyima explicou:


“Nos países desenvolvidos e em desenvolvimento, estamos cada vez mais vivendo em um mundo onde as menores taxas de imposto, o melhor acesso a saúde e a melhor educação e as oportunidades de influência estão sendo dados não só para os ricos, mas também para os seus filhos e descendentes.





Source: F. Alvaredo, A. B. Atkinson, T. Piketty and E. Saez, (2013) ‘The World Top Incomes Database’, http://topincomes.g-mond.parisschoolofeconomics.eu/ Only includes countries with data in 1980 and later than 2008. Photograph: Oxfam


“Sem um esforço concentrado para combater a desigualdade, a cascata de privilégio e de desvantagens continuará ao longo das gerações. Em breve, viveremos em um mundo onde a igualdade de oportunidades é apenas um sonho. Em muitos países, o crescimento econômico já equivale a pouco mais do que o “vencedor leva tudo”, com lucros extraordinários para os muito mais ricos. “


O relatório da Oxfam revelou que ao longo dos últimas décadas, os ricos têm exercido com sucesso influência política para distorcer políticas em seu favor em questões que vão desde a desregulamentação financeira, os paraísos fiscais, práticas comerciais anti-competitivas para reduzir as taxas de imposto sobre os seus rendimentos elevados e cortes em serviços públicos em detrimento da maioria da população. Desde o final de 1970, as taxas de impostos para os mais ricos caíram em 29 dos 30 países para os quais existem dados disponíveis, segundo o relatório.





Esta “captura de oportunidades” pelos ricos à custa dos mais pobres e da classe média levou a uma situação em que 70% da população mundial vive em países onde a desigualdade aumentou desde a década de 1980 e 1% das famílias possuem 46% da riqueza mundial – quase £$ 70 trilhões de libras.


As pesquisas de opinião pública na Espanha, Brasil, Índia, África do Sul, os EUA, no Reino Unido e Holanda descobriu que a maioria da população em cada país acredita que as pessoas ricas exercem muita influência. A preocupação foi mais forte na Espanha, seguido pelo Brasil e pela Índia e menos na Holanda.


No Reino Unido, cerca de 67% concordaram que “os ricos têm muita influência sobre o rumo para onde este país está caminhando” – 37% dizendo que eles concordam “fortemente” com essa afirmação – contra apenas 10% que discordaram, 2% deles fortemente.





Os Próprios Riscos Globais do WEF (World Economic Fórum – Davos – Fórum Econômico Mundial) reportaram recentemente identificando que o aumento das disparidades de renda como uma das maiores ameaças para a pz na comunidade mundial.


A Oxfam está convocando aqueles da elite reunidos no WEF com o compromisso: de apoiar a tributação progressiva e não iludir os seus próprios impostos; se abster de utilizar sua riqueza para buscar favores políticos que minam a vontade democrática dos seus concidadãos; tornar públicos todos os investimentos em empresas e fundos de quais são os beneficiários finais; desafio dos governos para usar a receita fiscal para prestar cuidados de saúde universal, educação e proteção social; exigir um salário digno em todas as empresas em que detém ou controla e desafiar outros membros da elite econômica mundial para se juntar a eles no cumprimento destas promessas .


• Research Now questionou 1.166 adultos no Reino Unido para a Oxfam, entre 01 e 14 de Outubro de 2013. Postado em dezembro 2014.


Para saber mais SOBRE A ELITE GLOBAL veja em:
http://thoth3126.com.br/pao-e-circo/
http://thoth3126.com.br/reptilianos-do-sistema-estelar-de-draco/
http://thoth3126.com.br/angelina-jolie-e-parte-de-um-esquema-de-controle-muito-sutil-e-inteligente/
http://thoth3126.com.br/apenas-dez-grandes-companhias-controlam-a-industria-de-alimentos-no-mundo/
http://thoth3126.com.br/fraude-em-laboratorio-gigante-glaxosmithkline-gsk/
http://thoth3126.com.br/reptilianos-mais-informacoes/
http://thoth3126.com.br/grandes-surpresas-dentro-de-vacinas/
http://thoth3126.com.br/diet-coke-zero-e-mortal/
http://thoth3126.com.br/o-colapso-do-nosso-mundo-comecou-veja-14-sinais-disso/
http://thoth3126.com.br/category/nova-ordem-mundial-nwo/
http://thoth3126.com.br/marilyn-monroe-sua-vida-oculta-como-escrava-do-programa-de-controle-mental-monarch/
http://thoth3126.com.br/batons-contaminam/


Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.