quinta-feira, 21 de maio de 2015

BEM-AVENTURADOS OS MANSOS

São Francisco de Assis e os pássaros
O ser humano se foi tornando cada vez mais agressivo e violento, um pouco pelos 200 milhões de anos de disputas entre os mamíferos, somados a esses os milhões de anos da história do homem, do primata ao "homo contemporaneus", marcados muito mais pelo ódio da cobiça do que pelos encantos e doçuras do amor. Desaprendeu-se a mansidão primordial do sonhado Éden. Porém, o mundo será melhor quando os pássaros e as feras sentirem a inofensividade no olhar humano, como o faziam diante de "Il poveverello d'Assisi", sobre cujos obros pousavam os pássaros e diante de cujos pés deitou-se, mansamente, o perigoso lobo de Gubbio.

São Francisco e o lobo de Gubbio