segunda-feira, 14 de julho de 2014

FAMOSO PALÍNDROMO ROMANO



     Não se conhece a origem do famoso palíndromo romano encontrado em diversas cidades da Europa. Em visita a Pompéia, uma guia turística mostrou-me um azulejo com a famosa combinação, que alguns chamam de quadrado mágico. Porém, já foi encontrado também em outras diversas cidades antigas. Trata-se de uma frase que se julga, comumente, ser latina:

SATOR AREPO TENET OPERA ROTAS.

     Com esta frase pode-se construir o seguinte palíndromo, que permite leituras em todas as direções, tanto da esquerda para a direita, como da direita para a esquerda, e igualmente de cima para baixo, bem como de baixo para cima:



     Há muitas traduções prováveis dessa frase e muitas interpretações mágicas. Quatro palavras são conhecidas na língua latina: sator poderia ser lavrador, agricultor; tenet, poderia ser sustentar, ocupar, dirigir, governar, manter; opera geralmente significa trabalho, ação, obra; rotas, poderia significar rodas, círculo, mas, de forma mais livre, poderia ser rotineiramente. Arepo, como na se tem nenhum significado para a palavra, poderia ser um nome próprio.
     Ocorre que, de acordo com as declinações latinas, haveria algumas imprecisões. Ocorre que, primeiramente sempre existiu o que se chama de liberdade poética, ainda mais numa tarefa tão espinhosa. Em segundo lugar, essa frase é muito antiga, muito anterior à era cristã. As declinações latinas somente se definiram como as temas hoje no período clássico áureo que se inicia no império do Augusto, no primeiro século a. C.

     Uma tradução poderia ser a seguinte: O lavrador Arepo mantém, (sustenta) o trabalho rotineiramente.