terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Oscar Brisolara: Escritor recupera em romance as histórias dos imigrantes-Reportagem de Antoniéla Fonseca e Janaína Pereira

Escritor recupera em romance as histórias dos imigrantes

Reportagem de Antoniéla Fonseca e Janaína Pereira – 

Oscar Brisolara lançou o seu segundo livro na I Feira do Livro de Canguçu
Oscar Brisolara lançou o seu novo trabalho na I Feira do Livro de Canguçu

O professor de Letras da Universidade Federal de Rio Grande (FURG) e escritor Oscar Brisolara lançou o seu livro Dos segredos de Eva Braun: Revelações Inusitadas do Sul do Brasil na I Feira do Livro de Canguçu, ocorrida em outubro, em promoção da Secretaria de Cultura juntamente com a Prefeitura Municipal de Canguçu e apoio da Secretaria de Educação e Esportes. A obra literária conta a história dos imigrantes alemães que vieram para o Rio Grande do Sul e trabalhavam na lavoura. Ao autografar seu livro, Brisolara foi receptivo e bem-humorado com quem queria saber mais sobre sua obra.

Arte no Sul – Seu livro desenvolve qual assunto? No que se inspirou para escrevê-lo?

Brisolara – O livro aborda a imigração alemã do sul do Rio Grande do Sul, mas tratando de imigrantes que vieram durante a Segunda Guerra Mundial. Eva Braun era a esposa de Hitler, assim a narrativa passa dos anos 40 até os dias de hoje, unindo elementos reais e fictícios. Minha inspiração para desenvolver o livro foi devido ao fato de ser neto de imigrantes austríacos e italianos, junto aos meus avós ouvia histórias do Rio Grande do Sul, principalmente de meu tetravô que veio da Itália para fazer a Revolução Farroupilha, o nome dele era Pietro Brisolara, assim quis inseri-los indiretamente na grande história.

AS – Que tipo de livro se trata? É um romance ou livro histórico?

Brisolara – O livro é um romance histórico, a narrativa consiste de fatos históricos que ocorreram com a vinda dos imigrantes alemães para o Rio Grande do Sul, trata-se de pessoas que estão vivas e são criados personagens de ficção para não dar os seus nomes, é um jeito de contar a história que não se repete.

AS – Esse livro tem por base parte de sua história familiar?

Brisolara – Esse livro procura abordar os relatos que ouvi de muitos imigrantes com que falei e de suas gerações. Juntei a história de famílias alemãs com elementos para romantizar a mesma, assim descrevendo como era sua vida no campo, e claro, por ser neto de imigrantes, procuro trazer essa realidade ao meu livro, para que sirva de base sobre como vieram da Itália e da Alemanha e como faziam sua vida no Rio Grande do Sul.

O escritor Oscar Brisolara publica o blog que leva o seu nome, em que divulga suas obras e novidades sobre literatura.

https://wp.ufpel.edu.br/artenosul/2015/11/24/escritor-recupera-em-romance-as-historias-dos-imigrantes/