quinta-feira, 22 de junho de 2017

O MUNDO MISTERIOSO DA LINGUAGEM

Prof. Dr. Oscar Luiz Brisolara
O mundo da linguagem não é o mesmo do espaço do aparentemente tangível e claro. Envolve mistérios que se revelam na materialidade do som e da cor. Porém, a voz da linguagem instiga a cada um uma senda diferente. Embora as palavras sejam as mesmas, esse universo misterioso revela segredos novos a diferentes receptores. Somente para Einstein se desvendou a essência da relatividade, a Dante, o olhar meigo e singelo de Beatriz, a Platão as idéias insondáveis e puras, e a Aristóteles, as particularidades dos intrincados caminhos da lógica. Assim a língua não diz apenas o que o sujeito destinatário deseja ouvir, mas afirma o que ela deseja manifestar. A Pessoa, falou por diversas pessoas do esotérico universo da razão e do sentimento, e ao pobrezinho santo de Assis, da fé incompreensível à razão do cético. Cientistas, poetas, ateus e santos são embalados pelos mesmos sons e por traços idênticos, com um encanto especial que somente a alma de cada um está apta a perceber em seu microcosmo particular e único.