domingo, 25 de fevereiro de 2018

COLOMBINA, ARLEQUIM E PIERROT

Maria Cristina e Oscar Luiz Brisolara
Colombina, Arlequim e Pierrot – Personagens da Commedia dell'arte, um gênero de teatro popular que surgiu na Itália, no século XVI.
Colombina: mulher de beleza ímpar e arrebatadora, porém esperta, sedutora e volúvel. Amada por Pierrot, apaixona-se por Arlequim. Sua veste evoluiu da roupa de ama até se tornar o traje da bailarina clássica, com sapatilhas. 
Arlequim: conquistador, farsante, acostumado a transitar entre jogos de sedução sem compromisso. Imortalizado em sua roupa de losangos coloridos, é famoso pela agilidade e desfaçatez. É símbolo de masculinidade, de ebulição, de desejo, de ousadia na relação amorosa. Este amante malicioso, de atitude oposta à ingenuidade do amor romântico, tem sempre consigo um bandolim.
Pierrot: representa, no triângulo amoroso, a figura do homem apaixonado cuja sina é chorar por Colombina, a amada que o trai. Normalmente, é representado com roupa branca, por vezes branca e preta, babado contornando o pescoço, rosto branco e uma lágrima abaixo do olho esquerdo. Sua marca comportamental é a ingenuidade.