sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

ENCONTRADA GRANDE CIDADE MAIA NA GUATEMALA.


Descoberta de estruturas de antiga megalópole Maia na Guatemala
Posted by Thoth3126 on 02/02/2018


Descobertas cerca de 60 mil estruturas maias escondidas sob a floresta na Guatemala. Um escâner de alta tecnologia detectou cerca de 60 mil estruturas arqueológicas maias no norte da Guatemala, ocultas sob o solo e a floresta densa, informaram nesta quinta-feira pesquisadores e autoridades locais. A ‘megalópole’ maia tinha em torno de 10 milhões de habitantes.
Edição e imagens: Thoth3126@protonmail.ch
Descobertas cerca de 60 mil estruturas maias escondidas sob a floresta na Guatemala. Entre as descobertas está uma pirâmide de 30 metros; a ‘megalópole’ maia tinha em torno de 10 milhões de habitantes

CIDADE DA GUATEMALA — As relíquias arqueológicas foram encontradas nos dois últimos anos com a utilização da tecnologia LiDAR (Light Detection And Ranging), que por meio de sensores em uma aeronave escaneou uma área de 2.100 km² no departamento de El Petén, na fronteira com o México e Belize, disse em coletiva de imprensa o americano Marcello Canuto, um dos diretores do estudo.

Estruturas escondidas sob a floresta foram reveladas por escaneamento a laser – WILD BLUE MEDIA/National Geographic 
Entre as descobertas estão novos centros urbanos com calçadas, casas, terraços, centros cerimoniais, canais de irrigação e fortificações, entre outros, detalhou Canuto, arqueólogo da Universidade de Tulane, nos Estados Unidos.
As medições e elaborações de mapas foram feitas em nove sítios e arredores, estudados pela Fundação Patrimônio Cultural e Natural Maya (PACUNAM), uma entidade financiada pela iniciativa privada na Guatemala e doadores estrangeiros.
Uma das revelações do estudo foi a localização de uma nova pirâmide de 30 metros, que havia sido identificada como um morro natural em Tikal, o principal sítio arqueológico do país centro-americano. Também foi identificado um sistema de fosso e muralha de 14 km no mesmo local.


— Agora não é necessário cortar a mata para ver o que há por baixo — afirmou Canuto, ao qualificar a investigação como uma “revolução na arqueologia maia”.

Segundo o especialista, o sistema LiDAR permitiu detectar em um curto prazo descobertas que teriam exigido décadas com a arqueologia tradicional. Além disso, o estudo sugere que em seu auge estas terras baixas maias foram ocupadas por dez milhões de habitantes, uma população “muito maior” que a das estimativas anteriores.

As revelações do estudo serão exibidas em um documentário que estreará em 11 de fevereiro pelo canal de televisão da National Geographic, acrescentou o ministro da Cultura e Esportes, José Luis Chea.

— Estas descobertas reafirmam que a Guatemala é o coração do mundo maia — acrescentou Jorge Mario Chajón, diretor do Instituto Guatemalteco de Turismo (Inguat).


A cultura maia teve seu esplendor no chamado período clássico até que entrou em uma etapa de decadência no pós-clássico, entre os anos 900 e 1200 d.C. Esta rica cultura se expandiu pelos territórios que atualmente abrangem Guatemala, México, Belize, El Salvador e Honduras.


A Matrix (o SISTEMA de CONTROLE)

“A Matrix é um sistema de controle, NEO. Esse sistema é o nosso inimigo. Mas quando você está dentro dele, olha em volta, e o que você vê? Empresários, professores, advogados, políticos, carpinteiros, sacerdotes, homens e mulheres… As mesmas mentes das pessoas que estamos tentando salvar. 


Mas até que nós consigamos salvá-los, essas pessoas ainda serão parte desse sistema de controle e isso os transformam em nossos inimigos. Você precisa entender, a maioria dessas pessoas não está preparada para ser desconectada da Matrix de Controle. E muitos deles estão tão habituados, tão profunda e desesperadamente dependentes do sistema, que eles vão lutar contra você para proteger o próprio sistema de controle que aprisiona suas mentes …” 

Saiba mais:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.