domingo, 6 de agosto de 2017

CROISSANT - HISTÓRIA E ETIMOLOGIA

Prof. Dr. Oscar Luiz Brisolara
CROISSANT - etimologia da famosa iguaria. A palavra tem sua origem no verbo francês croître, cujo significado é crescer. É a forma verbal do particípio presente "croissant", significando crescente, constituindo-se uma metáfora de forma em que a iguaria tem a forma da lua crescente. Por essa razão, a mesma iguaria recebe, em espanhol, o nome de "medialuna". A meia lua possui também o formato da letra C. Porém, a origem primeira do termo se dá na língua alemã, mais precisamente na Áustria. 
Reza pois a lenda que esta especialidade foi inventada por volta de 1683 em Viena de Áustria. Nesse tempo, o Império Turco Otomano tentava aumentar as suas possessões na Europa. Como não conseguisse entrar nas portas da cidade de Viena, o exército turco decidiu que, durante algumas noites iriam escavar um túnel até ao centro da cidade.
Todavia, não contavam com os padeiros de Viena, que permaneciam acordados durante a noite para que de manhã houvesse pão fresco em todas as mesas. Ora, os padeiros ouviram barulho dos escavadores e deram o alarme, o que fez com que os turcos não tivessem êxito na sua tentativa de conquistar a cidade.
Os padeiros não quiseram nenhuma recompensa a não ser o direito exclusivo a criar algo que comemorasse a vitória sobre o inimigo. Decidiram criar uns pãezinhos folhados em forma de meia-lua, símbolo representado na bandeira turca: assim, os vienenses tinham a oportunidade de, ao comer este pão, poderem destruir o símbolo dos inimigos. Este pãozinho ficou conhecido em alemão por Mondsichel (em que Mond é lua e Sichel é foice), portanto, lua em forma de foice. A metáfora fazia também uma alegoria zombeteira à bandeira do Império Turco que representava uma lua crescente e uma estrela.
No entanto, somente com Maria Antonieta, rainha da França, que era austríaca, por volta de 1770 é que o croissant chegou à território francês. Este era um pãozinho que a rainha adorava e como tal levou-o consigo para o país que a acolheu. Por lá, rapidamente se tornou popular e foi por essas terras que tomou o nome de croissant, pelo qual ficou conhecido em todo o mundo.