quinta-feira, 31 de agosto de 2017

PENSAMENTO POÉTICO


O sol, pela manhã, luzente e mudo, falou-me dos recônditos indizíveis do universo. Deixou-me embasbacado de ilusões brilhantes.